Arquivo do Autor

Joe Brooks

Em minhas voltas pelo youtube, descobri algumas bandas novas, dentre elas Joe Brooks. A partir desse dia fiquei viciado, desde então escuto praticamente todos os dias. Com suas letras bem feitas, suas músicas falam das coisas simples da vida de um jeito complexo.  Joe nasceu na Inglaterra, mas atualmente se mudou para Los Angeles a fim de promover sua carreira musical pela América e conseqüentemente pelo mundo. Atualmente ele está em Tour pelos EUA e pela Europa.

Sua discografia é composta por 3 álbuns que serão citados logo mais a baixo e se inicia com o CD intitulado Maybe Tomorrow, que é composto de várias músicas que lembram uma bela mistura de Jack Johnson e Ray Charles, cujos são suas próprias influências.

Para baixar os cds é só clicar no nome deles!

    Orquestra Contemporânea de Olinda

    Bem, passei  muito tempo sem postar nada, andei meio ocupado esse tempo, mas voltamos a atualizar, nem que seja aos poucos, mas estamos de volta! Por esses dias está acontecendo um festival aqui na cidade, o festival Dosol e de repente resolvi ir, não conhecia nenhuma banda e fui apenas pelo simples fatos do meu melhor amigo ir…

    Como posso dizer, conheci bandas muito boas, dentre elas Moveis coloniais de acaju e Orquestra Contemporânea de Olinda. São estilos musicais bem diferentes do tradicional,  a orquestra agrega diversos gêneros tais como: do frevo ao ska, passando pelo afro beat, samba, samba de gafiera, coco e mazuca. Realmente vale a pena dar uma conferida e assim como Moveis, eles tem um presença de palco fora do comum e até quem não gosta muito do estilo musical não consegue ficar parado!

    A ORQUESTRA CONTEMPORÂNEA DE OLINDA, que reúne 12 músicos, seis deles, integrantes de bandas conhecidas e renomadas na cena musical local, com mais seis músicos, integrantes do Grêmio Musical Henrique Dias, entre eles o maestro Ivan do Espírito Santo.

    Para baixar o CD deles clique aqui

    Site Oficial: http://www.orquestracolinda.com.br
    My Space : http://www.myspace.com/orquestracontemporaneadeolinda
    Orkut : http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=32378987

    Par Perfeito (Killers)

    Com um elenco muito bom, Killers aposta no carisma de seus atores e no roteiro onde a violência é bem diluída nas cenas de ação e a parte romântica também não é muito açucarada. Com isso, Par Perfeito torna-se um programa bem descompromissado para se fazer a dois.

    Jen (Katherine Heigl), conhece o homem perfeito. Seu nome é Spencer (Ashton Kutcher), ele é bonitão, educado e inteligente. Mas o que Jen não sabe, é que Spencer ganha a vida como matador de aluguel, contratado pelo governo. Eles vivem o casamento dos sonhos até que em uma bela manhã, o casal descobre que Spencer é o alvo de um golpe milionário. O que parecia ser um Par Perfeito transforma -se num jogo de vida ou morte, enquanto eles tentam lidar com sogros, sogras, casamento, manter as aparências e ainda sobreviver.

    O Pequeno Nicolau (Lê Petit Nicolas)

    O Pequeno Nicolau ou Lê Petit Nicolas, como preferir, foi um grande sucesso na França. O filme é uma adaptação de uma série de livros do frances René Goscinny (mesmo autor dos quadrinhos de Asterix) que faz muito sucesso em vários países. O longa metragem é francês e se passa na década de 50, podemos perceber pelas roucas e costumes bem da época. O filme é uma boa pedida para assistir no final de semana, seja acompanhado ou com a família, espero que gostem.

    Nicolau (Maxime Godard) é um garoto que é muito amado pelos pais e que leva uma vida tranquila. Até o dia em que vê seus pais em uma conversa e que o faz achar que a mãe está grávida. Nicolau entra em desespero e já pensa no pior: ao nascer um irmão, seus pais deixarão de lhe dar atenção.

    Predadores

    Para quem já assistiu ou ouviu falar da série de filmes Aliens Vs Predador (O primeiro estreou em 2004 e o segundo em 2008) já conhece o personagem principal, O predador. Bem, a história original é de 1987 e é estrelado por Arnold Schwarzenegger, apesar de ter o “mesmo” nome, o enredo é bem diferente.

    A sinopse do primeiro longa era:

    Um pelotão do exército, liderado pelo Major “Dutch” (Arnold Schwarzenegger), é enviado em missão na América Central, para resgatar um ministro da Guatemala de guerrilheiros.

    A missão é realizada logo, mas descobre-se que os prisioneiros já estavam mortos, eram agentes da CIA (a história do ministro fora inventada pelos superiores). Então uma estranha criatura invisível começa a caçar e matar os soldados.

    Estrelando Adrien Brody (fez o filme O Pianista) como Royce, um mercenário que relutantemente lidera um grupo de combatentes de elite e descobre que eles foram levados para um planeta alienígena para servirem como presas. À exceção de um médico que caiu em descrédito, todos são assassinos a sangue frio: mercenários, mafiosos da Yakuza, presidiários, membros de esquadrões da morte – ou seja, “predadores” humanos que agora serão sistematicamente caçados e eliminados por uma nova raça de Predadores alienígenas.

    Dentre as estrelas do filme está a brasileira Alice Braga. O longa é uma mistura de ficção científica, ação e terror.

    Quem tiver a curiosidade de ver o trailler do filme original de 1987, estou colocando aqui em baixo!

    A Origem (Inception)

    Você pode ter sonhos grandes ou sonhos pequenos, não importa de que tamanho ele seja. Quem foi que nunca teve vontade de poder controla-los ou até mesmo entrar  neles e transforma-los em realidade? Com uma idéia nada muito comum, surge A Origem. No longa metragem é um mundo é mistura drama, suspense, romance e ação, ora realidade, ora em um mundo irreal. Falando assim, o filme parece meio confuso, mais vale a pena conferir.

    Pelas críticas que li, os efeitos são bem legais, câmera, fotografia, direção, nada deixa a desejar e ainda tem uma trilha sonora bem legal, então vamos tirar a prova. A Origem ou Inception, como preferir, estreia agora, sexta dia 6 de agosto.

    Dom Cobb (DiCaprio) é um ladrão habilidoso, o melhor de sua geração, que extrai segredos valiosos das profundezas do inconsciente durante o sono com sonhos, quando a mente está mais vulnerável. Sua rara habilidade o tornou peça fundamental no traiçoeiro mundo da espionagem industrial, mas também o tornou um fugitivo internacional e o fez perder tudo o que mais amava.

    Um poderoso empresário (Ken Watanabe) procura o serviço de Dom para propor algo diferente: que ele implante uma ideia no cérebro do herdeiro de outra companhia (Cillian Murphy). Dom, que já não consegue mais ser arquiteto dos sonhos por causa da esposa, Mal (Marion Cotillard), contrata uma nova arquiteta, Ariadne (Ellen Page). Ele recruta ainda velhos aliados – Arthur (Joseph Gordon-Levitt) e Eames (Tom Hardy) – e novos aliados – Yusuf (Dileep Rao) – para executar o projeto.

    Pela primeira vez, Cobb tem sua chance de se redimir, em um último trabalho que pode dar-lhe sua vida de volta se ele conseguir o impossível: ao invés de roubar informações da mente, ele terá de criar novas. Cobb e sua equipe terão de plantar um pensamento. Se eles conseguirem, será o crime perfeito.

    Meu Malvado Favorito

    Eu sou meio suspeito pra falar porque eu adoro filme de comédia, principalmente quando é animação. Mais esse filme vai ser muito legal, não perco por nada, eu já ri muito com os Trailers, é muito legal, vale a pena dar uma conferida. Meu Malvado Favorito está com a estreia programada para essa sexta, dia 6. Coloquei 2 videos ai, eu ri muito com todos 2, espero que gostem.

    Em um alegre bairro do subúrbio, rodeado por cercas brancas com roseiras em flor, existe uma casa negra com um gramado seco. Sem o conhecimento dos vizinhos, escondido no porão desta casa, existe um grande esconderijo secreto. Cercado por um pequeno exército de minions, encontramos Gru (dublado por Steve Carell na versão original e Leandro Hassun), planejando o maior roubo de todos os tempos. Ele vai roubar a lua (Sim, a lua!).

    Gru adora todas as maldades. Armado com seu arsenal de raios encolhedores, raios congelantes e veículos prontos para batalha tanto em terra quanto no ar, ele derrota todos que encontra pela frente. Até o dia em que ele se depara com a imensa determinação de três garotinhas órfãs, que olham para ele e enxergam algo que ninguém jamais viu: um Pai em potencial.