Arquivo do Autor

R. dos Alfeneiros Nº4 – Especial Harry Potter!!

Já faz alguns dias desde que percebi que como sempre todos os sites relacionados a Cinema, estão juntando informações para relembrar a aqueles que não são fãs mas acompanham a saga do bruxo mais incrível do planeta (Sim, sou fanática por hp!) de sua incrível história desenvolvida pela magnífica J.K. Rowling que para a felicidade de todos estava embarcando na estação de trem londrina quando toda a história do Menino que Sobreviveu veio a sua mente.

E um presentinho para aqueles que realmente acompanham a série de perto e não aguentarão até o lançamento da segunda parte de Harry Potter e as Relíquias da Morte, o link de três fanfics indicadas pela Duda Serejo (@serejoduda);

As duas primeiras são histórias de Harry e Gina! Duda diz que a primeira é uma de suas favoritas!

Enfim,  eu não valorizo esse negocio de praticamente reescreverem as obras literárias para poderem explicar os ocorridos. Sugestão? Juntem os amigos e façam uma retrospectiva HP, assistam a todos filmes até vocês saírem de lá citando as falas do filme! 😀

Uma relíquia, o Trailer de Harry Potter e a Pedra Filosofal;

“You’re a wizard, Harry.”

Já deu pra lembrar alguma coisa? Em seguida temos a HP e a Câmara Secreta onde Harry ganha um novo quarto e Dobby (o Elfo Doméstico, no poster acima) vai visita-lo sob o pretexto de que Harry Potter corre sérios perigos voltando á Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts onde mais tarde nós descobrimos que é devido ao fato de que a Câmara Secreta foi reaberta e com isso inumeras mortes iniciaram dentro da escola… As pessoas gostam de usar como referência a “cobra gigante” chamada Basilísco.

O terceiro filme da Saga é HP e o Prisioneiro de Azkaban, onde o famoso “criminoso” Sirius Black foge da prisão de Azkaban com o objetivo de “matar Harry Potter” e então vários dementadores são enviados ás ruas para que Sirius possa ser encontrado, é nesse cenário que Harry conhece Remo Lupin, um velho amigo de seus pais que durante este ano será seu professor de Defesa Contra as Artas das Trevas. É nesse filme em que Hermione dá aquele lindo e maravilhoso soco no rosto de Draco Malfoy (tem referencia melhor do que essa?). Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban nós nos deparamos com o maior número de criaturas mágicas possivel, nós conhecemos o Hipogrifo nomeado carinhosamente de Bicuço pelo quase-gigante Hagrid que o leva para auxilia-lo a lecionar Trato das Criaturas Mágicas, conhecemos também o lobisomen e mais claramente os Animagos que é a capacidade de um bruxo transformar-se em um animal sem o uso da varinha. (A profª Minerva McGonagall é a principal referencia nessa assunto, ao tornar-se um gato em diversas situações durante os filmes.)

O Quarto filme é HP e o Cálice de Fogo, onde todas as escolas de bruxaria juntam-se para um torneio praticamente impossivel de sobreviver. Preciso dizer mais? Acho que não, dá pra lembrar, não é mesmo?!

Harry Potter e a Ordem da Fênix é onde todas as mudanças anunciadas no filme anterior tornam-se mais aparente. É quando a já anunciada volta do bruxo das trevas Voldemort torna tudo mais complicado e com isso a professora Dolores Umbridge (Só se veste de rosa. Lembrou?!) assume o cargo de diretora de Hogwarts, é aí que Harry, Rony e Herminone criam a “Armada de Dumbledore”.

Harry Potter e O Principe Mestiço é onde a busca pelas Horcrux, objetos que mantém Voldemort vivo, se iniciam. É onde a verdadeira aventura começa.

Harry Potter e as Relíquias da Morte é o começo do fim. É onde se inicia o fim da história que marca a minha vida desde os 7 anos de idade. Deixarei com vocês apenas o trailer por que se eu for falar alguma coisa eu termino dando spoiler devido as inumeras vezes que li o 7º livro.

Então, só me resta deixar com vocês esse de 9min onde várias cenas dos filmes anteriores são mostradas e acompanham comentários da equipe tecnica de produção do filme:

A escolha desse poster foi proposital em homenagem á Dobby.

Anúncios

Besouro Verde (The Green Hornet) – 25 de Fevereiro.


Tantos posteres legais que fiquei até indecisa… Não sabia qual escolher para publicar!

O Besouro Verde é um herói fictício que surgiu em novelas de radio nos anos 30 e que nos anos 60 ganhou uma série de TV. Consta nos registros que foi nesse período que o herói se tornou famoso… Mas pelo visto não foi positivamente devido ao fato de que um ano depois de seu surgimento (1966), a série foi cancelada devida á baixa audiência! Em sua série de TV era interpretado pelo ator Al Hodges e Bruce Lee era o seu ajudante de origem oriental que pilotava o Beleza Negra. (Vale salientar que o cara é especialista em artes marciais!)

Agora em 2011 nos cinemas teremos Seth Rogen interpretando o Britt Reid (o Besouro Verde), com Jay Chou interpretando seu ajudante Kato e Cameron Diaz vive Lenore Case a secretária de Reid.

Britt Reid é um herdeiro milionário dono do jornal O Sentinela Diária que transforma-se num justiceiro logo após a morte de seu pai!

Aqui vai o Trailer internacional:

Também teremos no elenco; Christoph Waltz (Bastardos Inglórios), Edward James Olmos (Battlestar Galactica), Tom Wilkinson (Batman Begins) e David Harbour (Quantum of Solace) também estão no elenco. Tom Wilkinson e Christoph Waltz.

A estréia esta prevista para 25 de fevereiro, no Brasil. E… A Sony já pensa numa sequência de “Besouro Verde”

E para os fãs de automobilismo, um vídeo que mostra como é o carro do Besouro Verde nos cinemas.

Scott Pilgrim, Contra o Mundo.

A Paramount alterou a previsão de lançamento de Scott Pilgrim Contra o Mundo no Brasil. O filme de Edgar Wright estava planejado para 15 de outubro, e agora passou para novembro, em data a ser definida.

Por: Omelete.

Ainda bem, não é mesmo? Se não nós aqui no blog estaríamos atrasados com esse aí também, rs.

Scott Pilgrim, Contra o Mundo. Conta a história do garoto cujo nome são as duas primeiras palavras do titulo do filme (Ok, na proxima eu serei mais objetiva. Pelo menos assim eu tornei o nome dele menos repetitivo!) o filme é uma adaptação dos quadrinhos de Bryan Lee O’Malley que são publicados pela Oni Press. O filme não teve uma grande estreia nos EUA porém, os fãs brasileiros demonstraram grande interesse quando a Paramount efetuou uma pesquisa via Twitter.

Scott Pilgrim, interpretado por Michael Cera, é um jovem roqueiro de Toronto que se apaixona pela entregadora Ramona Flowers (Mary Elizabeth Winstead) que se mudou a pouco tempo, uma garota diferente que tem um cabelo um tanto esquisito… Para conseguir ficar com ela, Scott terá de derrotar seus sete -nada bonzinhos, vale salientar- ex-namorados que são dotados de super-poderes.

No Brasil os Comics já estão na segunda edição.

Além do Michael Cera, o Chris Evans também faz parte do elenco. Sabem? Aquele que sai nos cinemas proximo ano como o Capitão América e  que fez o Tocha Humana em Quarteto Fanstástico, lembrou?! Pronto, ele mesmo.

Tropa de Elite 2

Tropa de Elite, filme brasileiro de 2007, dirigido por José Padilha (ganhador do Urso de Ouro no festival de Berlim, 2008) e que agora tem sua continuação…

Tropa de Elite, um filme que apesar de mostrar a -parte ruim da- realidade Brasileira, conquistou fãs -independente de classes sociais!- gerando ânsia pelo lançamento de Tropa de Elite 2. Que finalmente chegou nas salas de cinema de todo o país no dia 8 de Outubro (O Telas & Acordes anda meio atrasado, não é mesmo? Eu sei, eu sei… E peço desculpas por isso!)

Já se passaram 13 anos após o Capitão Nascimento deixar o seu cargo no BOPE para André Matias.

Agora, o “Coronel” Nascimento passa a lidar com problemas com o seu filho já adolescente, o BOPE cresce mas, os conflitos com a polícia militar se mantém. Esses são os principais fatos sobre qual o filme discorre.

Ainda não tive a chance de assistir, mas tenho fontes confiáveis que já viram o filme e todas elas (sem exceções) falaram incrivelmente bem sobre e informaram que vale a pena conferir! Eu confio neles, e vocês?! Então aqui está… O trailer de Tropa de Elite 2, para vocês que como eu, ainda não tiveram a chance de assistir ao filme e ficaram só na expectativa com essa narrativa do Wagner Moura.

31 de Agosto, Blog Day!

Olá Caros Leitores! Aqui é Andrezza Pessoa, uma das blogueiras do Telas & Acordes e eu gostaria de iniciar esse post desculpando-me pelo recente descuido com o Blog. Philippe e Priscilla andam tomando conta de suas vidas pessoais e cá estou, sozinha para satisfazer a fome de novidades que eu creio que existe dentro de todo leitor do Telas & Acordes!

Dado o recado, continuemos com… O DIA DO BLOG!

Yeah, nossas queridas páginas na internet tem (mesmo que informalmente), o seu dia que é celebrado na data de trinta e um de Agosto, no caso, ontem, esta data foi escolhida porque seus números 31/08 se assemelham com a palavra Blog. Eu deixei passar mas ainda é tempo do Telas & Acordes contribuir com o Blog Day! A “brincadeira” é a seguinte…

O Blog Day foi uma iniciativa tomada por alguns blogueiros no, já longínquo, ano de 2005 com o intuito de cada blogueiro indicar 5 blogs para seus leitores, blogs de qualquer assunto que eles acreditam que seja legal de compartilhar com a galera.

Entenderam? Eu vou tomar conta das minha indicações e creio que Philippe e Priscilla também não vão deixar passar despercebido, caso ocorra eu dou uma passadinha nos favoritos deles e eu mesma faço tudo isso, rs. Prontos? Então lá vai…

Para acessar os sites indicados é só clicar no nome! Aproveitem.

1º  Petiscos – O primeiro Blog é indicado para homens e mulheres e é onde a incrível (e conhecida!) Julia Petit escreve sobre moda, música e coisinhas curiosas e interessantes que ela encontra por aí! O primeiro pensamento masculino sobre o Petiscos será de que é um blog inteiramente feminino, mas há também a sessão “Pra Macho” lá no menu esquerdo, dêem uma checada! [Em Português]

Things We Forget – Duas palavras para o Things we Forget? Incrivelmente criativo! Se vocês já abriram o site, creio que não há necessidade de esclarecimentos, rs… No Things we Forget o seu idealizador cria post-its com coisinhas (lê-se, lições) que merecem ser lembradas, ou simplesmente conselhos! Não pense que é uma coisa desinteressante! São verdades/ lições e coisas sobre a vida que sempre esquecemos! Eu acesso o Things we Forget diariamente e sugiro que você também! [Em inglês]


O Capacitor – Pode ter gente que vai dizer “ahn, mas nem se parece com um blog!”  e é por que não é! O Capacitor é um site informativo que contem tudo de HQs, games, cinema e música de uma maneira interessante e bem feita! São matérias resumidas, onde não se esquece o essencial. Acompanho O Capacitor diariamente e gosto muito! Devido ao fato do site ser de meu agrado, ele está aqui! [Em Português]

4º  Stuff no one Told Me – O Stuff no one told me é meio (aquele “meio” que mais parece um “pouquinho”) semelhante ao Things we forget…  É complicado de se explicar devido ao fato de que o Stuff no one told me está mais para uma atividade de passatempo, mas também é muito interessante e divertido, confiram! Alex Noriega é o responsável por isso tudo, ele tem 29 anos e é um Cartunista de Barcelona. Um dos exemplos de sua arte é essa foto abaixo! [Em inglês]

WAM (we are the monsters) – Ah, este daqui é escrito pelo Phellipe Wanderley de Maceió, ele tem 18 anos e é designer gráfico (percebe-se pelo layout de suas páginas na internet!). Moda, sapatos, pessoas, lojas, coleções, lady gaga, música, fotografia, celebridades e cinema é o que constituem o menu de seu blog! Daí você já tira, não é mesmo? O blog é um pouco mais puxado para moda. [Em português]

Gostaram? Espero que sim! Continuem acompanhando o blog e não esqueçam de comentar, Beijos!

Nosso Lar (03/09)

Digite “Nosso Lar” na caixa de pesquisa do Google e você vai encontrar

Nosso Lar é um dos livros – o mais vendido até hoje – psicografados pelo médium brasileiro Chicho Xavier, que compõem uma coleção intitulada A Vida no Mundo Espiritual, atribuída ao espírito André Luiz. No movimento espírita brasileiro essa coleção é também conhecida como Série Nosso Lar.

Um dia ao “abrir os olhos”, André Luiz percebe não estar mais vivo! Ainda sentindo fome, sede, e frio ele percebe que tornou-se um espírito. Ao seu redor, um lugar deserto e tenebroso, tornando as perguntas mais frequentes e a ansia de resposta cada vez maior. Nosso Lar, conta a história de André Luiz (um médico bem sucedido) pelo mundo espiritual.

E daí se desenrola a história! Eu não sei se vocês perceberam, mas eu nunca gosto de contar muito sobre o filme, por que eu sempre sinto que estou estragando algo, rs.

Enfim, é isso! A fama de Chico Xavier não acabou, e não vai acabar tão cedo! Nosso Lar é o mais novo filme ligado a religião espírita, que saiu nos cinemas recentemente!

Jamiroquai

“Já se passaram treze anos desde que assinou com a Sony um contrato sem precendente para 8 álbuns. Depois de 20 milhões de cópias vendidas, quatro turnês mundiais e 141 semanas na tabela de singles britânica, pode dizer-se que a aposta da Sony deu frutos.”

Outro dia vagando no twitter encontrei um tweet do meu professor de dança (o mesmo que me indicou VV Brown) com um clipe do Jamiroquai, ao dar o Play eu tiver certeza de que eu iria gostar e de que era digno de sair aqui, no Telas & Acordes!

Eu espero que vocês curtam o som e valorizem, talvez vocês não gostem de postagens muito longas e com muitos detalhes sobre a biografia do Artista, mas muitas vezes é algo que deve ser valorizado e acredito que esse seja o caso.

Espero que gostem e muito obrigada Rubens, mais uma vez! (Dêem uma olhadinha no blog dele depois!)

Jamiroquai é uma banda britânica liderada pelo cantor inglês Jason Kay.
A banda é popular no mundo todo e é o membro mais conhecido do “acid jazz”, movimento londrino do início dos anos 90; junto a outros grupos como Incognito, Brand New Heavies, Galliano, e Corduroy.

O nome Jamiroquai é derivado do nome da tribo Iroquoi (nativos norte-americanos), com os quais Jay Kay diz se identificar filosoficamente, combinado à expressão ‘Jam’ (como em Jam Session), do idioma inglês.

Jason Kay (Jay Kay), o líder do grupo, nasceu em Manchester, Inglaterra. Talvez influenciado pela mãe, uma cantora britânica que actuava em bares e que chegou a ter o seu próprio programa de televisão nos anos 70, Jay Kay desde cedo mostrou grande aptidão e uma enorme paixão pela música.


Em 1989 conseguiu comprar uma bateria e gravar umas maquetas com a ajuda de um amigo. E daí você já tira, né? Alguns fracassos de inicio para mais tarde estourar o sucesso!
O primeiro single da banda “When you gonna learn?” originou uma disputa entre editoras que acabou por ser ganha pela Sony, com quem assinaram um contrato de oito álbuns, uma proeza para um jovem que andava de skate, tinha uma paixão por roupas vintage e usava um chapéu esquisito.

Créditos: Last.fm e Rubens Barbosa.